Curiosidades#7 curiosidades sobre Machu Picchu que você não sabia

Com certeza você já ouviu falar em Machu Picchu, esta maravilha única no mundo e um destino que todo viajante deveria conhecer e apreciar. Mas alguma vez já se perguntou o que há por trás deste destino? O que de curioso já ocorreu ali? Aqui neste post você ficará sabendo. Venha conosco descobrir os mistérios de Machu Picchu.

História sobre Machu Picchu

Uma das perguntas que as pessoas mais fazem é a respeito da origem desta maravilha. Certamente há vários mitos e lendas sobre esta misteriosa cidadela que ainda não foram revelados, porém ao longo do tempo várias teorias populares foram difundidas. Diz-se que Machu Picchu foi construída pelos incas em meados do século XV por ordem do imperador Pachacútec, o primeiro grande soberano de Tahuantinsuyo. Nela habitava um grande número de pessoas que oscilava entre 300 e 1.000 pertencentes a uma elite (possivelmente membros da monarquia de Pachacútec) e as “acllas” (virgens do sol). Neste lugar se praticou a agricultura, principal atividade dos tempos incas. Uma amostra disso é que Machu Picchu é dividida em três setores, a zona agrícola, a urbana e a administrativa dos descendentes dos monarcas. Presume-se que esta situação permaneceu durante os governos de Túpac Yupanqui e Huayna Cápac.

O descobrimento jamais contado

Um dos enigmas da maravilhosa cidadela inca ainda em discussão concerne ao descobridor de Machu Picchu. Há várias hipóteses sobre este tema e aqui contamos algumas.

Primeiros descobrimentos

Os primeiros indícios e visitas a este santuário data do ano de 1902 indicando que Agustin Lizárraga, um arrendatário de terras cusquenho chegou ao lugar guiando os também cusquenhos Gabino Sánchez, Enrique Palma e Justo Ochoa. Os visitantes deixaram seus nomes marcados em um dos muros do Templo do Sol. Por essa razão atribui-se a eles este descobrimento.

Descobrimento de Hiram Bingham

Por outro lado, o descobrimento mais conhecido é sem dúvida o do professor norte americano Hiram Bingham, em 1911. Conta a história que Bingham estava interessado em encontrar os últimos redutos incas de Vilcabamba e após um longo período de cansativas investigações e vários anos de expedições falidas ao redor desta área, graças à população indígena local, descobriu Machu Picchu casualmente. Quando Bingham encontrou esta maravilha ficou impressionado com tal descobrimento, trazendo depois a público.

Qual a finalidade da construção de Machu Picchu?

Esta informação também é um mistério e muitos dizem que Machu Picchu foi construído como um local de residência de descanso do imperador Pachacútec e a realeza, entretanto ao percorrer Machu Picchu e seus arredores pode-se observar construções de caráter cerimonial dando a pensar que pode ter sido um santuário religioso em adoração a seus deuses. Há muitos que dizem que Machu Picchu foi uma fortaleza inca por estar estrategicamente situada no alto da montanha.

Localização

Machu Picchu desperta muita admiração. Uma delas é certamente sua localização. Atualmente é impensável ser possível realizar tais construções neste local entre as montanhas de grande inclinação, a 2.360m.s.n.m. ao noroeste da cidade de Cusco, na província de Urubamba. Os acessos ao santuário de Machu Picchu são vários e pode-se chegar por trem, comumente utilizado por turistas, percorrendo a famosa Trilha Inca ou optar em fazer uma rota alternativa, a Trilha Salkantay, Inca Jungle etc.

Importantes construções em Machu Picchu

Imagino que você possa perguntar que atrativos possui este destino e porque é denominada como uma das 7 maravilhas do mundo. Veremos. Machu Picchu é sem dúvida um ícone da arquitetura e engenharia não somente por sua localização sendo um símbolo de admiração como também porque dentro desta majestosa cidadela existem numerosas edificações dignas de se admirar e contemplar. A seguir as mais importantes:

  • Templo do condor
  • Templo do sol
  • Templo das três janelas
  • Intihuatana
  • Praça sagrada
  • Residência Real
Huayna Picchu

Visita quase obrigatória quando se está em Machu Picchu é, certamente, a subida da montanha de Huayna Picchu, um local arqueológico situado ao norte da cidadela de Machu Picchu, em uma atitude de 2.750msnm. O caminho até a montanha é m tanto perigoso, o trecho é íngreme e muito estreito. Não é apto a cardíacos porque possui uma subida até o pico. Porém sua maior atração é a vista do alto de onde se pode observar Machu Picchu em sua máxima expressão, o rio Urubamba, o nevado de Salkantay e algumas montanhas, mas também se destacam alguns restos arqueológicos como plataformas, o famoso templo da lua e outras construções menores.

Um dado importante a ser levado em conta a quem deseja subir a montanha de Huayna Picchu é que o acesso a ela encontra-se regido por um número de lugares e horários. As autoridades locais permitem somente o acesso de um número máximo de 400 pessoas por dia. Os ingressos realizam-se em turnos de 200 pessoas cada. Portanto se deseja visitar Huayna Picchu deve levar em conta esta sugestão e o melhor seria reservar seu lugar com meses de antecedência.

Devido a uma grande demanda de acesso à montanha de Huayna Picchu, capacitou-se a montanha de Machu Picchu. Esta montanha tem seu encanto particular, a uma altura de 3.100m. Para se chegar à parte mais alta, realiza-se uma caminhada de 2h aproximadamente, tendo uma belíssima vista em sua parte mais alta. Para se conseguir um ingresso a esta montanha também é necessário comprá-lo com muito tempo de antecedência, porque também só possui 400 ingressos diários divididos em 2 horários.

Restrições

Uma das coisas mais importantes a se considerar quando visitar um destino importante como Machu Picchu são suas restrições. Por isso passaremos algumas informações antes de visitá-la.

Entrou em vigor, na metade deste ano, o novo regulamente de entrada a Machu Picchu que dispõe:

  • O ingresso ao Santuário de Machu Picchu será realizado em dois turnos: das 6h às 12h e das 12h às 17:30. Isto quer dizer que se deseja visitar Machu Picchu durante todo o dia deverá adquirir duas entradas.
  • A entrada a Machu Picchu será autorizada somente com um guia de turismo. Caso o turista não tenha um, não será permitido seu ingresso ao local.

Caso deseja saber mais, por favor, visite este post “Novas regras para visitar Machu Picchu” onde encontrará todas as informações sobre o assunto.

Não há dúvidas que Machu Picchu ainda tem muita história, muitos mistérios em suas construções e muita energia. Caso tenha algo mais para contar sobre este destino o convidamos a fazer comentários e compartilhar suas impressões, um abraço e boa viagem.

Publicar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Inscreva-se

Cadastre-se para receber ofertas exclusivas, melhores promoções e muitas novidades.

Inscreva-se

Cadastre-se para receber ofertas exclusivas, melhores promoções e muitas novidades.

Copyright © 2019 Peru Grand Travel – Todos os direitos reservados

Visite-nos nas nossas redes sociais

Visite-nos nas nossas redes sociais

Copyright © 2019 Peru Grand Travel – Todos os direitos reservados

Close

#7 curiosidades sobre Machu Picchu que você não sabia

Preencha os campos abaixo para que nossa equipe possa entrar em contato com mais informações. Os campos com * são obrigatórios.

* Data de início do tour