Dicas de ViagemMal de altura e problemas de saúde, causas, sintomas e prevenção

O mal de altura é causada pela diminuição do fluxo de oxigênio para os nossos tecidos, porque em grandes Altitudes a pressão do ar é reduzida, o que diminui a concentração de oxigênio no ar que respiramos.

Nossos corpos precisam de tempo para se adaptar à nova situação. Este tempo é normalmente de 1 a 2 semanas. No início (primeiros 3 dias), aumenta a frequência cardíaca e respiratória, o que dá ao corpo tempo para produzir mais glóbulos vermelhos aumentando os “portadores” de oxigênio.

O aparecimento do mal dependerá de vários fatores individuais
  • O estado anterior de saúde
  • Grau de adaptação à altitude
  • Velocidade de subida
  • Tipo de atividade física realizada, quando chegar no nível mais alto.

Além do aparecimento do mal de altura, a altitude elevada pode agravar doenças existentes, tais como a hipertensão, insuficiência cardíaca, doença pulmonar crónica, anemia, etc.

Cusco está a 3350m acima do nível do mar e você decidiu passar suas férias aqui, ao praticar caminhadas pense que nem sempre seu corpo se acostumará com o baixo nível de oxigênio em nossas regiões e pode aparecer o chamado mal de altitude.

Os destinos de Cusco não são sem riscos, porque, quando viajamos para lugares mais altos a menor pressão atmosférica e a menor concentração de oxigênio, leva a uma série de mudanças que chamamos de mal de altitude ou mal da montanha, podendo ter consequências graves.

Sintomas

O diagnóstico do mal de altura será baseado no aparecimento de uma série de sintomas que pode variar de uma pessoa para a outra.

Quando uma pessoa sobe rapidamente a uma altura de 2.000 m ou mais, ao longo de 1-6 horas de caminhada (às vezes, depois de um ou mais dias) ou depois de uma noite de sono, podem aparecer dores de cabeça (especialmente frontal) , vômitos e fadiga. Os sintomas se assemelham á gripe, mas sem febre ou dor muscular e também causa irritabilidade. O quadro pode piorarse a dor de cabeça ficar mais forte e a dificuldade para respirar aparecerse o tratamento não for aplicado, o paciente pode entrar em coma.

Precauções

Para evitar o desenvolvimento da doença, devemos tomar algumas precauções antes de subir a grandes altitudes:

  • O aumento gradual da altitude com tempo para a aclimatação é a melhor prevenção.Ascender cerca de 500 m por dia como máximo.
  • Dormir em uma altitude intermediária (1500-2000 m), antes de subir acima de 2.500 m.
  • Ao chegar às cidades de grandes altitudes, aproveite para descansar e moderar a atividade física até que se adapte às condições.
  • Evite bebidas alcoólicas, especialmente nos primeiros dias.
  • Conscientemente aumentar o nível da respiração.
  • Reduzir o sal nos alimentos.
  • Evite tomar sedativos, já que eles fazem a nosso ritmo respiratório diminuir.
  • Urina deve ser clara e não “cor de caramelo.
  • Se estiver a tomar a pílula contraceptiva, é preferível alterar os métodos de contracepção, para evitar trombose e retenção de líquidos.
  • Se você está tomando profilaxia contra a malária deve ser interrompido (malária não é transmitida acima de 1800 m), pois pode mascarar os sintomas iniciais da doença de altitude.
  • Há uma medicação, acetazolamida, que pode ser usado para a prevenção do aparecimento da doença da altitude. A droga imita o efeito da aclimatação respiratório. Deve tomar 12 horas antes da subida, e os primeiros 2 dias da mesma. Antes de levá-lo você deve consultar o seu médico para possíveis efeitos colaterais e contraindicações.
Compartilhar

Publicar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Inscreva-se

Cadastre-se para receber ofertas exclusivas, melhores promoções e muitas novidades.

Inscreva-se

Cadastre-se para receber ofertas exclusivas, melhores promoções e muitas novidades.

Copyright © 2019 Peru Grand Travel – Todos os direitos reservados

Visite-nos nas nossas redes sociais

Visite-nos nas nossas redes sociais

Copyright © 2019 Peru Grand Travel – Todos os direitos reservados

Close

Mal de altura e problemas de saúde, causas, sintomas e prevenção

Preencha os campos abaixo para que nossa equipe possa entrar em contato com mais informações. Os campos com * são obrigatórios.

* Data de início do tour