CONSULTORA DE VIAGENS / Luiza Hubener /

E-MAIL/ atendimento@perugrandtravel.com

Vale Sagrado

Assim chamado por ter sido o principal fornecedor de alimentos do Império Inca. O Vale Sagrado está localizado às margens do rio Urubamba e é composto por numerosos monumentos arqueológicos e diversos povos indígenas como Chinchero e suas tecelãs, Pisac e sua feira de artesanato, Urubamba e seu cosmopolitismo, Ollantaytambo com sua fortaleza e seu povoado inca vivo e Maras com suas deslumbrantes salinas e os impressionantes terraços agrícolas de Moray.

Localização

O Vale Sagrado está situado a 35km de Cusco e a 600m abaixo do nível de Cusco. Abraça a parte da bacia hidrográfica do rio Vilcanota entre os povoados de Pisac e Ollantaytambo.

Clima

Possui duas estações: chuvosa e seca. A temporada chuvosa vai de novembro a abril quando os dias são azuis, e a temporada seca que cobre os meses de maio a outubro, com cores brilhantes, ar seco e céu estrelado. Sem dúvida um verdadeiro espetacular destino se você viaja nesta época.

Altitude

  • Pisac 2980 msnm
  • Calca 2929 msnm
  • Urubamba 2870 msnm
  • Ollantaytambo 2850 msnm

Como chegar ao Vale Sagrado dos Incas

Há duas vias que levam ao Vale Sagrado: a estrada asfaltada Cusco – Pisac (a 32km da cidade de Cusco) ou a outra estrada Cusco – Chinchero-Urubamba (a 72km de Cusco).

  • De ônibus

Saem diariamente de Cusco para todas as cidades do vale. Há ônibus que partem a cada 15 minutos rumo a Ollantaytambo. As passagens custam cerca de S/5 a S/8 e são a forma mais barata de se viajar pelo vale.

  • Em vans ou táxis

Carros pequenos ou mini vans saem de Cusco quando lotam. O serviço pode custar entre S/12 e S/15 por pessoa. Partem de vários pontos da cidade de Cusco, como na rua Pavitos e na praça principal de Ollantaytambo (no retorno).

  • Em um tour organizado

Maneira mais popular de passear pelo Vale Sagrado. Um tour organizado começa em Cusco, com paradas no mercado de Pisac, Urubamba, Ollantaytambo e Chinchero, no retorno a Cusco. Além do tour as agências podem adquirir seus ingressos. Encarregam-se de organizar um itinerário, garantindo guias e motoristas confiáveis.

  • Tour privado: explorar o Vale Sagrado com um tour privado proporciona uma maior flexibilidade de horários e itinerários. Você pode decidir os lugares que deseja parar por mais tempo, como o mercado de Pisac ou algum outro local que lhe chamar a atenção.

Melhor época para viajar para o Vale Sagrado

A melhor época para visitar o Vale Sagrado vai de maio a outubro, meses onde a temperatura vai de 16ºC a 20ºC e o clima é mais quente e fresco.

Principais atrações

O Vale Sagrado é uma das atrações mais turísticas de Cusco com impressionantes paisagens, nevados, rios e pequenos povoados cheios de história e costumes. A seguir suas principais atrações:

Ruínas de Pisac
Situada a 30km da cidade de Cusco, é a entrada do famoso Vale Sagrado onde os incas construíram sobre a montanha uma magnífica cidadela composta de terraços agrícolas. Construída no século XV por ordem do inca Pachacuteq para proteger a entrada de possíveis invasores.
Ollantaytambo
Localizada a 60km ao norte da cidade de Cusco, esta impressionante construção inca data do século XV, durante o reinado do inca Pachacuteq. Mostra um incrível desenho arquitetônico em suas construções, como o templo do Sol, feito de blocos de pedras gigantes.
Moray
Situada a 67km de Cusco, é um formidável complexo arqueológico com terraços circulares concêntricos construídos na forma de um gigantesco anfiteatro. Estes terraços formaram um grande laboratório agrícola onde os incas experimentaram e obtiveram melhorias na produção agrícola.
Salinas de Maras
Situadas a noroeste do povoado de Maras, formada por 3.000 poços pequenos de uns 5m2 cada, durante a época de seca são preenchidas com água salgada proveniente de uma fonte natural subterrânea situada na parte superior dos poços.
Chinchero
Localizado a 28km de Cusco, guarda os restos de uma fazenda real de Túpa Inca Yupanqui. Encontra-se também o templo colonial erigido sobre a base de uma construção inca. Sua maior atração é o mercado de artesanatos e vestuário têxtil.

Recomendações de viagem

  • Alimente-se saudável e tradicionalmente

Uma das melhores experiências no Vale Sagrado é a gastronomia com ótimas opções no povoado de Urubamba. Por ser um local conhecido pode-se encontrar quase todos os pratos típicos do país e muito bem preparados.

  • Mal de altitude

Uma síndrome ocasionada pela falta de adaptação do organismo à altitude devido á escassez de oxigênio. Nos primeiros dias é necessário que você descanse não realizando esforço físico, coma comida leve, tome o famoso chá de folha de coca e mantenha-se hidratado o tempo todo.

  • Levar sapatos de trekking anti-deslizantes. Em Pisac e Ollantaytambo há muitas subidas em escadas de pedra que podem ser escorregadias, sobretudo na época das chuvas.
  • Leve sua máquina fotográfica, boné, protetor solar, repelente para mosquitos, um casaco impermeável em caso de chuva e uma garrafa de água.