CONSULTORA DE VIAGENS / Luiza Hubener /

E-MAIL/ atendimento@perugrandtravel.com

Cusco

Cusco, antiga capital do império inca, tem consigo uma mescla de cultura, história e modernidade. Hoje em dia é um dos destinos turísticos mais visitados do Peru e do mundo e representa o lado cultural da antiga civilização andina. Declarada Patrimônio da Humanidade pela UNESCO em 1983 devido à grande quantidade de monumentos que possui.

Localização

Cusco está localizada no centro-sul oriental do Peru. Ocupa uma grande parte da cordilheira de Vilcanota e possui uma extensão de 76.329 km2

Clima

Seu clima é geralmente seco e temperado. Possui duas estações definidas, uma seca entre abril e outubro, com dias ensolarados, noites frias com geadas e temperaturas médias de 13ºC e outra chuvosa, de novembro a março, onde a temperatura média é de 12ºC. Nos dias ensolarados a temperatura alcança os 20ºC.

Altitude

Cusco está situada a uma altitude de 3.400 msnm.

Como chegar

Cusco, denominada de Roma da América, possui diferentes meios de transporte. A seguir os mais representativos:

  • VIA TERRESTRE: atualmente existem diferentes empresas de transporte que oferecem este serviço, por exemplo: uma rota clássica para chegar a Cusco de ônibus a partir de Lima é pela Rodovia Panamericana Sul, passando por Arequipa. A viagem pode ser direta até a cidade imperial. A distância de Lima e Cusco é de 1117km que podem ser percorridos em um tempo aproximado de 17-22 horas.
  • VIA AÉREA: um voo partindo de Lima a Cusco dura 1h (55 minutos para ser exato). Os voos provenientes de Lima e qualquer cidade do Peru chegam ao Aeroporto Internacional Alejandro Velasco Astete.
  • VIA FÉRREA: existe um serviço diário de trem desde Arequipa, via Juliaca, com aproximadamente 20h de viagem. Desde Puno são 10 horas. O ponto mais alto desta rota é La Raya, a 4313msnm, entre Cusco e Juliaca.

Melhor época

Com somente duas estações marcadas, chuvosa e seca, recomenda-se viajar nos meses de junho a outubro, quando os dias são ensolarados com ausência de chuvas. Geralmente chove muito de fevereiro a abril. Cabe dizer que a alta temporada em Cusco vai de junho a agosto quando os preços de passagem, hotéis, excursões são muito mais altos.

Principais atrações

Plaza de Armas de Cusco
Na época dos incas era chamada de Huacaypata palavra que significa “lugar de prantos ou de encontro”. Era um lugar cerimonial importante onde se comemorava o Inti Raymi, ou festa do sol. Foi neste local que Francisco Pizarro proclamou a conquista de Cusco.
Catedral de Cusco
Construída sobre o palácio do Inca Wiracocha. Em seu interior predomina o estilo renascentista com uma rica decoração esculpida em cedro e amieiro. Destaca-se por sua beleza e possui uma coleção importante de pinturas da escola cusquenha e objetos de prata em relevo.
Bairro de San Blas
É um dos mais pitorescos de Cusco. Chamado de T´oqokachi ou cavidade de sal, caracteriza-se por suas ruelas estreitas e inclinadas, suas belas casas em estilo colonial. É conhecido como o bairro dos artesanatos.
Templo e Convento de Mercedes
A igreja, em estilo barroco, foi construída entre os anos de 1657 e 1680. A sacristia guarda seu tesouro mais precioso. Uma impressionante custódia em ouro e pedras preciosas de 1,3m de altura e 22kg, coroada por uma grande pérola em forma de sereia, considerada a segunda maior do mundo.
Templo e Convento de Santo Domingo/ Koricancha
Conforme os cronistas, foi uma das edificações mais impactantes. Suas paredes internas eram cobertas com lâminas de ouro, pois era o templo principal do Deus Sol. Os espanhóis construíram a igreja sobre a edificação original, em 1534. A igreja Santo Domingo possui uma valiosa coleção de telas dos séculos XVII e XVIII.
Palácio Arcebispal e Pedra dos Doze Ângulos
É uma construção do vice-reino de influência árabe que foi levantada sobre as bases do palácio de Inca Roca. Atualmente é a sede do Museu de Arte Religiosa. Na rua Hatuntumiyoc pode-se apreciar um antigo muro inca que fazia parte do palácio e que mostra um admirável trabalho inca quanto ao polimento e disposição das pedras. Nesta estrutura destaca-se a chamada Pedra dos Doze Ângulos, famosa pelo trabalho perfeito e montagem de seus cantos.

Datas especiais

20 de janeiro
Festa do patrono São Sebastião
Março/ abril (móvel)
Semana Santa, festa tradicional de maior fervor popular no Peru. É realizada a procissão do Senhor dos Tambores.
Maio
Cruz Velacuy e Qoyllority.
Junho
Corpus Christi em 24 de junho a festa de Inti Raymi é realizada na fortaleza de Sacsayhuaman em homenagem ao Deus Sol.
15 de julho
Festa da Virgem de Carmen Paucartambo
28 e 29 de julho
Feriados nacionais comemorados em todo o país. São realizadas atividades civis e militares.
24 de dezembro
Santuranticuy: feira de artesanato realizada na Plaza Mayor de Cusco.

Gastronomia cusquenha

A culinária cusquenha é conhecida pelo uso de alimentos típicos da região, ricos em proteínas como a batata, o milho e a quinoa.

Chiri Uchú: prato típico de Cusco, considerado o prato principal em comemoração a Corpus Christi. Chiri Uchú significa “prato frio”. Os ingredientes usados são: milho branco tostado, queijo, porquinho-da-índia, frango, cecina, charqui, cochayuyo, ovas de peixe e rocoto.

Truta frita: à base de peixe, pode ser feito com truta de rio ou de mar. Este prato típico é consumido frio, com arroz, mandioca e, se quiser adicionar, molho crioulo. Disponível nos restaurantes da cidade imperial.

Chairo:  uma deliciosa e consistente sopa andina, chairo é um nome de origem quíchua e aymara que significa “tipo de alimento”, muito tradicional em Cusco.

Sopa de quinoa: em Cusco há uma grande variedade de sopas e muitas são feitas à base de trigo, quinoa ou abóboras. Uma das preferidas dos turistas quando em visita a Cusco, é a sopa de quinoa, muito leve e deliciosa.

Cuy ao forno: o prato mais emblemático da serra peruana, sobretudo em Cusco. Este prato típico pode ser servido com batata ou mandioca fritas.